Brownie FIT

Quem é que não gosta de um bolo de chocolate? e com um trave especial a manteiga de amendoim? EU ADORO! E por isso não posso deixar de partilhar com vocês mais uma receita saudável. Para quem não viu a anterior, deixo aqui o link. Fiz a receita um bocado a olho mas as quantidades não estão longe das reais. Se quiserem saber se estão bem ou não vão ter de o fazer ihih

Read More

B R E A K F A S T – 4 receitas p/ pequeno-almoço

O pequeno-almoço é a minha refeição preferida do dia mas é a que tenho menos tempo para preparar! Como acordo sempre com muita fome, um bom pequeno-almoço é fundamental para aguentar dias muito preenchidos – entre escritório, ginásio e vida social (whaat) – o meu dia começa as 07 da manhã e normalmente só termina perto das 22h.

Read More

Alternativas ao leite? As bebidas vegetais //

Sou muito apologista de uma alimentação saudável e variada mas leite e derivados é algo que eu não consumo há mais um de ano e portanto tive de arranjar alternativas(*) Normalmente utilizo estas bebidas vegetais que vos apresento aqui nos batidos de manhã ou para alguma receita que seja preciso como o bechamel ou no caso dos bolos, panquecas e afins.

Read More

Intolerância ao leite // O que é

Segundo a Sociedade Portuguesa de Gastroenterologia, cerca de um terço da população portuguesa sofre de intolerância à lactose (o que não é igual a alergia ao leite, que é uma reacção que envolve o sistema imunitário).

A percentagem é bastante maior noutros grupos demográficos. Em 1965, um estudo da Johns Hopkins University concluía que quase três quartos da população negra americana não digeria a lactose, contra 15% da população branca. A intolerância à lactose é um traço da maioria da população mundial, sobretudo africana e asiática.

Em Julho de 2013, o artigo da Nature “Arqueologia: a revolução do leite” explicava como, há 11 mil anos, quando a agricultura começou a substituir a caça, as populações do Médio Oriente aprenderam a reduzir a lactose — que não conseguiam digerir por falta de lactase — fermentando o leite para fazer queijo e iogurte. Dois mil e quinhentos anos depois, uma mutação genética ocorreu na Europa, mais precisamente na zona da Hungria, dando à população a capacidade de produzir lactase durante toda a vida. “Essa adaptação abria uma nova fonte nutricional que conseguia sustentar as comunidades quando não havia colheitas.” Uma grande parte da população europeia descenderá desses primeiros agricultores que insistiam em continuar a produzir lactase na idade adulta.

E é isso que explica que muitos caucasianos sejam a excepção a este número: 65% da população mundial não produz lactase depois dos sete, oito anos. A capacidade de o fazer perde-se à medida que se cresce.

Fonte: “O leite já não é uma vaca sagrada” por FRANCISCA GORJÃO HENRIQUES 

Read More