A viajar para a Porto Santo lembro-me sempre da fantástica comida de avião servida a bordo carregada de sulfitos que nos incha logo após a aterragem. Aliás, como é que um simples pão com coisas lá dentro pode ter mais de 20 ingredientes?!!! Claro que não pude deixar de vir preparada com os meus morangos, framboesas e amoras e uma cookie raw com tâmaras, cajus e algumas frutas. Num voo de 1h30 foi perfeitamente suficiente.

A umas horas de aterrar num destino paradisíaco, quero partilhar com vocês os meus cuidados nas férias para que não se torne numa viagem gastronómica apenas.

    • Nunca esquecer as minhas enzimas digestivas – ir de férias significa dormir mais, descansar mais e aproveitar os longos dias de passeio ou simplesmente esticada na praia ao sol mas também significa boas refeições em boas companhias. Como tal, por mais que tente evitar os lácteos, às vezes é complicado e acaba sempre por haver algum vestígio presente. Como tal, a umas horas da viagem fui comprar as minhas enzimas de corrida – há várias marcas – para tomar idealmente antes das refeições ou logo a seguir. São tipo “bombeiros” em caso de emergência.

  • Nunca passar um dia sem fazer desporto – bem, desporto não é necessariamente enfiar-me num ginásio mas fazer uma corrida ou uma caminhada longa. Fazer algum tipo de atividade física durante as férias ajuda-me no pós refeição a fazer melhor a digestão ou logo de manhãnzinha a preparar o organismo para um pequeno-almoço cheio de coisas boas sem culpas associadas por comer um bocadinho demais. Para as pessoas que realmente gostam de comer como é o meu caso, 2 kgs a mais são quase obrigatórios no final das férias! mas dos bons claros ihih
  • Se há refeições de excessos, há refeições mais controladas – se há um jantar onde como demasiado pão e sobremesas, opto por um pequeno-almoço mais tarde e leve no dia seguinte normalmente iniciado com um copo de água com limão ou um shot de energia, seja ele um sumo de frutas ou legumes. O meu truque para nunca comer demais (ás vezes resulta, outras vezes não) é iniciar as refeições principais com uma sopa ou uma salada seguida de alguma fonte de proteína e hidratos de carbono.

Nesta viagem como vou ter ginásio no hotel aproveitei e trouxe o shaker e algumas proteínas individuais para tomar logo após o treino para ajudar a manter a massa muscular durante as férias. Vão ser 8 dias bem passados… finalmente de férias!

E vocês já foram de férias ou ainda vão?